terça-feira, 6 de julho de 2010

BARRA DOS COQUEIROS E SUAS FINANÇAS

Segundo levantamento feito pelo Empresário Laércio Oliveira, a Barra dos Coqueiros poderia estar numa situação melhor.
O Empresário Laércio Oliveira analisando os dados socioeconômicos da Barra, verificou que a arrecadação da nossa cidade, permite a mesma desenvolver de forma mais rápida e planejada.
Laércio Oliveira disse que somente em 2007, a Barra recebeu só do governo federal a quantia de R$ 11.860.799,88.
Já do governo estadual, em 2007, a Barra recebeu a quantia de R$ 2.386.827,44.
Somando os dois valores, só de repasse em 2007, a Barra recebeu a quantia de R$ 14.247.627,32.
Laércio Oliveira, que é um profundo estudioso da nossa cidade, vai mais além.
Segundo o Empresário, aliado a essas transferências, a Barra ainda conta com arrecadação própria de tributos.
Em imposto sobre serviços (ISS) a Barra em 2007 arrecadou a quantia de R$ 2.892.232,87.
Em imposto de transmissão de bens imóveis (ITBI) a Barra arrecadou a quantia de 63.198,57.
Em taxas, a Barra arrecadou em 2007, a quantia de R$ 422.742,18.
Em contribuições, a Barra arrecadou em 2007, a quantia de R$ 336.828,75
Em imposto sobre a propriedade urbana (IPTU), a Barra arrecadou em 2007, a quantia de R$ 74.713,19.
Somando todos os valores dá um total de R$ 18.037.342,88, dividindo esse valor por 12, dá uma arrecadação mensal de R$ 1.503.111,90.
Laércio Oliveira disse que tal valor, se bem empregado, poderia colocar a nossa cidade num nível de desenvolvimento mais satisfatório.
Laércio disse ainda que a Barra gasta muito com aluguel de carros, de imóveis e com combustível.
Laércio disse que está desenvolvendo um plano de governo sustentável para a Barra dos Coqueiros, baseado em dados socioeconômicos da nossa cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário